O auxílio acidente de trabalho, espécie B-94, resultante de acidente ou doença do trabalho ou o auxílio acidente previdenciário, espécie B-36, ocasionado por acidente alheio ao trabalho será devido ao segurado que sofrer sequela parcial e permanente e implicar na redução da capacidade para o trabalho que habitualmente exercia.

Comprovada a redução da capacidade laboral habitual terá direito o segurado a uma indenização correspondente a 50% do salário de benefício.

O Auxílio Acidente poderá ser acumulado com outros benefícios do INSS, mas será cessado quando o trabalhador vier aposentar. Poderá inclusive trabalhar e receber o aludido benefício.

Importante destacar que esse benefício acaba não sendo requerido pelos segurados por falta de conhecimento e da devida orientação do INSS.

Portanto, o trabalhador terá direito a receber o auxílio acidente quando houver redução parcial e definitiva da capacidade laboral e o benefício será concedido a partir da cessação do auxílio doença.