Revisão da vida toda

Revisão da vida toda

Trabalhamos por tantos anos, contribuímos para o INSS desde jovem e imaginamos que quando aposentarmos teremos uma aposentadoria digna para podermos viajar com a família e realizar nossos sonhos.

Porém, quando a idade chega e a tão aguardada aposentadoria é concedida pelo INSS é que a “ficha cai”, o que imaginávamos em receber foi apenas um sonho, a realidade é outra, na carta de concessão do benefício consta uma quantia mensal que mal dá para arcar com as despesas básicas do mês.

Mas de quem é a culpa por tudo isso? Fique tranquilo, a culpa não é sua, você fez sua parte, trabalhou com muita honra por todos esses anos.

O Governo foi quem alterou a regra, e isso te prejudicou.

Mas afinal, existe alguma saída para aumentar o valor da aposentadoria ou pensão? Sim, e é sobre isso que iremos tratar adiante.

Por que o valor da minha aposentadoria ficou baixo?

Em 29/11/1999 entrou em vigor a Lei 9.876. De acordo com a nova lei, para o cálculo do benefício, somente é levado em consideração o valor das contribuições de julho de 1994 em diante, ou seja, os valores das contribuições do trabalhador anteriores a julho de 1994 passaram a ser desprezadas.

Ressalta-se que o tempo de contribuição não foi desprezado, ele continua sendo computado, o que foi desprezado foi o valor das contribuições anteriores a julho de 1994.

Por isso, quem contribuiu para o INSS com valores altos antes julho de 1994 e se aposentou sob as regras da Lei 9.876 de 1999, não teve incluso no cálculo do benefício da aposentadoria os valores altos vertidos para o INSS anteriores a julho de 1994.

Portanto, o fato do INSS levar em consideração, no cálculo do benefício, somente os valores contribuídos de julho de 1994 em diante, diminuiu significativamente o valor da aposentadoria dos segurados.

O que é a Revisão da Vida Toda?

A revisão da vida toda é uma modalidade de revisão de benefício previdenciário que visa incluir no cálculo do benefício o valor de todo o período contributivo, ou seja, antes e depois de julho de 1994, como o próprio nome diz o valor das contribuições da vida toda que o segurado verteu para o INSS.

O que devo fazer para entrar com a revisão da vida toda?

 Se você recebe um dos benefícios a seguir, saiba que poderá ter direito à revisão.

  • aposentadoria por tempo de contribuição
  • aposentadoria por idade
  • aposentadoria especial
  • aposentadoria por invalidez
  • auxílio doença,
  • pensão por morte

Pois bem, você deverá procurar um advogado especialista em direito previdenciário para fazer o cálculo do novo benefício, esse é o primeiro passo.

Nesse cálculo será incluído o valor das contribuições “da vida toda” antes e depois de julho de 1994.

Ficou com alguma dúvida? Contamos com uma equipe técnica que pode lhe orientar nesse sentido.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *